No gelo da capital CSKA Arena, no dia 27 de janeiro, será realizada a próxima partida do campeonato regular da KHL. Os anfitriões, jogadores de hóquei do Moscow CSKA, receberão convidados de Khabarovsk - o clube de hóquei Amur.

CSKA x Amur
A nova temporada de lutas de 2023 está apenas ganhando força, mas isso não impede em nada que a equipe do UFC aumente o grau de calor para valores máximos já agora. O fim de semana australiano da promoção, marcado para o dia 12 de fevereiro, garante ao telespectador um dos confrontos mais acalorados dos últimos anos: o campeão dos penas Alexander Volkanovski tentará tirar o cinturão do recém-empossado rei dos leves, Islam Makhachev.

Islam Makhachev x Alexander Volkanovski
O duelo desses caras se tornará a atração principal do evento UFC 284, e almeja o título daquele evento tão histórico quando um atleta tenta entrar no elenco de bicampeões da liga. A história estará acontecendo bem diante de nossos olhos e, apesar de a maior parte dos especialistas não dar a Alex a chance de vencer, não há a menor dúvida de que ele se tornará um dos testes mais difíceis para um nativo da equipe de Nurmagomedov.
A Basket Hall Arena em Krasnodar receberá no dia 5 de janeiro a partida da 19ª rodada da VTB United League entre Lokomotiv Kuban e Nizhny Novgorod. No momento, as equipes seguem com a mesma diferença de vitórias e derrotas na competição.

Lokomotiv-Kuban vs Nizhny Novgorod
Existem vários lutadores no UFC que são interessantes de assistir, independentemente de suas atuações terminarem com vitórias ou derrotas. Paul Craig é um deles, pois em duas dezenas de lutas profissionais, ouviu a decisão do árbitro apenas uma vez, finalizando as demais lutas antes do previsto.

Paul Craig x Johnny Walker
No UFC 283, no Rio de Janeiro, outro desafio o aguarda, e seria estranho ver um europeu neste continente se seu contraparte não fosse brasileiro. Johnny Walker, o outrora meio-pesado em ascensão, tentará retomar sua seqüência de vitórias no dia 22 de janeiro, e uma dupla como essa praticamente nos garante um confronto direto. Quem sairá vitorioso da jaula?
Apenas uma semana antes do UFC 282, coisas inesperadas começaram a acontecer na divisão dos meio-pesados. Primeiro, o atual campeão, Jiri Prochazka, desistiu da luta contra Teixeira, desistindo do título, depois Ankalaev e Blachowicz lutaram por ele, mas não conseguiram encontrar o melhor. E agora, número 7, Jamal Hill teve a oportunidade de lutar pelo cinturão ainda vago contra o mesmo Glover.

Glover Teixeira x Jamal Hill
O confronto deles será a atração principal do UFC 283 no Brasil, no dia 22 de janeiro, e para o público do MMA, essa escolha de matchmakers foi um tanto estranha. Hill, claro, merece estar em tal posição, mas vê-lo em uma luta pelo cinturão tão cedo, certamente ninguém esperava. Fosse o que fosse, a galera está pronta para dar um show de brilho, onde será definido o melhor meio-pesado do planeta no momento.
Quantas vezes falamos de tetralogia no MMA? É improvável que alguém mencione de improviso pelo menos 2-3 casos em que dois lutadores trouxeram o melhor tantas vezes, no entanto, a história está acontecendo bem diante de nossos olhos. No primeiro evento numerado de 2023 - UFC 283, o atual campeão peso-mosca Deiveson Figueiredo entrará no octógono para dar o tão esperado fim ao campeão interino Brandon Moreno.

Brandon Moreno x Deiveson Figueiredo
Um empate no primeiro encontro e uma vitória de cada lado obrigou a direção da promoção a organizar este confronto pela quarta vez, e no dia 22 de janeiro um deles ainda levará o título e poderá se autodenominar o rei dominante e indiscutível do a categoria até 56,7 kg. Essa é uma das lutas mais difíceis para qualquer previsão, mas é isso que chama a atenção do público, que está com saudades dos duelos únicos no octógono do UFC.
O evento inicial de 2023 - UFC Fight Night 217, que está marcado para 15 de janeiro, inclui uma luta entre os principais meio-médios: Shavkat Rakhmonov e Jeff Neal. O lutador cazaque há muito é considerado pela direção da promoção como um potencial candidato ao título, e agora está o mais próximo possível desse status.

Shavkat Rakhmonov x Jeff Neal
Para alcançar o sucesso final, Rakhmonov precisa superar o Nilo, que ocupa a 7ª linha do ranking, após o que pode contar com a oposição da elite da divisão. Aliás, "Nomad" não só terá que superar um adversário difícil, mas também manter um histórico impecável antes de entrar nas primeiras posições.
O clã Nurmagomedov está conquistando com confiança várias divisões do UFC, e Umar Nurmagomedov tem as melhores chances de assumir a liderança nesta corrida de revezamento. Agora, em seu caminho está Raoni Barcelos, lutador titulado e jitsurer fora do top 15 do peso galo.

Umar Nurmagomedov x Raoni Barcelos
No UFC Fight Night 217, eles se enfrentarão em uma jaula para determinar o andamento dos eventos entre os dez primeiros nesta categoria de peso. Muitos consideram Umar o favorito incondicional, mas em 15 de janeiro ficará claro o quão bom ele é nas arquibancadas com um lutador de classe mundial.
Na sexta-feira, 23 de dezembro, a partida central do dia acontecerá no gelo da Yaroslavl Arena 2000 Lokomotiv. O local Lokomotiv Moscou e CSKA Moscou em confronto direto disputarão uma segunda posição intermediária na classificação da Conferência Oeste.

Lokomotiv x CSKA
O ex-desafiante ao título interino até 84kg Kelvin Gastelum está fora dos ringues há quase um ano e meio. Lutas com representantes das primeiras linhas do ranking levaram sua carreira a um estado deplorável, porém, as lutas que organizou no octógono permitem que ele ainda lidere os eventos, e desta vez para abrir o novo ano de lutas do UFC.

Nassurdin Imavov x Kelvin Gastelum
No UFC Fight Night 217, Kelvin estará empatado na luta principal da noite com Nassurdin Imavov, uma promessa promissora em uma sólida sequência de vitórias. Mais uma vez, o americano enfrentará um adversário maior, e sua performance no dia 15 de janeiro vai determinar seu destino na melhor promoção de MMA do mundo.

Entrevista

Vote